Kendrick Lamar – Alright

Terminar 2015 sem escrever algumas palavras sobre Kendrick Lamar não me parecia justo. O puto de Compton fez-se homem com “To Pimp a Butterfly”. As letras reflectem isso. Acertivo. Brutalmente honesto. Polémico. Um talento que o tempo apenas poderá refinar. «Alright» é o exemplo perfeito disso, ao ponto de ter sido utilizada como um hino durante os protestos associados ao movimento Black Lives Matter. Em 2016 vamos recebê-lo por cá. Ainda bem.

“Nigga, we gon’ be alright / Nigga, we gon’ be alright / We gon’ be alright / Do you hear me, do you feel me? We gon’ be alright / Nigga, we gon’ be alright / Huh? We gon’ be alright / Nigga, we gon’ be alright / Do you hear me, do you feel me? We gon’ be alright”