Memória de Peixe – Arcadia Garden

Memória de Peixe - Arcadia Garden

A ideia na génese dos Memória de Peixe tem tanto de simples como de genial e original. As canções são criadas, camada sobre camada, com base em loops de 8 segundos, que ora se repetem, ora são substituídos por outros. Daí a metáfora na qual o nome da banda se baseia: a curta memória de peixe. O álbum de estreia homónimo, foi editado 2011. Era excelente. Ainda o é. Digo é porque aquelas canções continuam a fazer sentido e a dar prazer ouvir. Mas a verdade é que já ansiava or algo novo. A espera terminou. Finalmente. Esta semana, Miguel Nicolau, o estratega-mor, e Marco Franco, o baterista de serviço, partilharam “Himiko Cloud”. E neste momento é mais do que justo colocar a questão: valeu a pena todo este longo tempo de espero? Resposta curta: SIM! Resposta mais elaborada: sim, é um álbum mais complexo, mais elaborado, repleto de pequenos pormenores. É daqueles álbuns que pode e deve ser ouvido com uns bons headphones na cabeça, porque só assim vamos conseguir apreciar todos os pequenos pormenores que dele fazem parte. Só assim vamos conseguir escutar tudo mas realmente tudo. E só assim vamos continuar a descobrir mais apontamentos, audição após audição.

A segunda questão que poderá assolar as vossas mentes pode bem ser o que quer dizer “Himiko Cloud”. O nome é catchy, sem dúvida. Podemos encontrar dois significados distintos; um científico e outro com origem nas mentes criativas dos Memória de Peixe. De um ponto de vista científico, uma Himiko Cloud, é uma nuvem de gás nebulosa, que se pensa ser uma protogaláxia apanhada no acto de formação. Podem ler mais sobre o tema aqui e aqui. No contexto que nos interessa, Himiko é o nome de um peixe anti-gravidade, que agrega todo o conceito em torno do álbum. Segundo os próprios “é um mundo de fantasia, aventuras, bosses finais, super-heróis, cometas solitários, odisseias espaciais e quarks zangados que se apaixonam por píxeis mortos.”.

«Arcadia Garden», a canção cujo vídeo podem ver de seguida, é apenas o início mas é um belo início. Venham mais.