The National – The System Only Dreams in Total Darkness

System Only Dreams in Total Darkness

O texto que se segue foi publicado originalmente na Rua de Baixo e pode ser lido aqui.

Este exercício é novo para mim. Nunca tinha, até este momento, tentado escrever um texto apenas em torno de uma canção e «System Only Dreams in Total Darkness» teve o condão de despertar esse desejo em mim.

É certo que ser uma canção dos The National contribuiu, e muito, para esta decisão. Os The National e eu já temos uma relação longa. Qualquer coisa como 15 anos. É algum tempo e deixem-me que vos diga, que tem tudo para durar uma vida. Há coisas que não se explicam… vivem-se e sentem-se. Esta é uma delas.

«System Only Dreams in Total Darkness» é uma canção diferente da banda. Basta escutar os primeiros segundos para o perceber. Começa com uma voz angelical, em jeito de coro, que poderia pertencer às Annie Clark, a.k.a. St. Vincent (não sei se é). E depois tem quase tudo aquilo que muitas outras canções dos The National não tinha em quantidades tão palpáveis quanto esta.

Aventura-se ao ponto de nos oferecer Aaron Dessner, senhor que anda quase sempre em torno dos teclados, a arrancar um solo de guitarra que eu não sabia que aquela banda conseguia sacar. Mas há mais, enquanto esse solo se desenrola, por trás, podemos escutar o baixo de Scott Devendorf, por terrenos que piscam o olho ao funk. Já a bateria de Bryan Devendorf contínua única, sui generis e magistral. É desconcertantemente reconfortante ouvir aquela bateria. Nunca sabemos para onde nos vai levar a seguir mas quando lá chegamos, gostamos. Muito.

Todos combinados, estes factores tornam este primeiro avanço para “Sleep Well Beast” muito promissor e deixam-me a salivar pelas restantes faixas que integram o álbum (há mais 11).

Falta apenas falar sobre um aspecto. A letra. Matt Berninger contínua exímio na arte de nos presentear com a derradeira metáfora. Com letras que combinam inteligência, actualidade e um sentido de humor muito peculiar, ou que nos mergulham na dúvida sobre aquilo que realmente Matt nos quer dizer. A letra de «System Only Dreams in Total Darkness» é sobre tempos negros e como tudo pode mudar de um momento para o outro. Digo eu… mas será?… Realmente?

The system only dreams in total darkness
Why are you hiding from me?
We’re in a different kind of thing now
All night you’re talking to God

Canções como esta fazem falta. Preenchem-nos a alma.

I cannot explain it
Any other, any other way